terça-feira, 29 de novembro de 2011

Mais de Miguel!

Miguel está quase completando 2 anos, e, cada dia que passa está mais engraçado! Queria criar o hábito de anotar isso tudo, mas acabo esquecendo e daí qdo vou ver outras novidades aparecem e esqueço tudo que queria anotar... enfim!

 - Agora ele fala que é tricolor de coração (pra orgulho do pai), canso de chegar do trabalho e encontrar a criatura vestida de Fluminense da cabeça aos pés.

- Esses dias pediu a blusa do fluminense e eu disse q estava suja, pediu a do woody e depois a do buzz e eu disse que estavam sujas tb, daí Miguel me olhou muito sério e disse: mamãe, levanta! Vai lavar a roupa!

- É proibido chamar Miguel de neném! Se vc pergunta o que ele é, na mesma hora responde: Sou Miguel, uma criança!

- O chip da educação foi ativado! Agora Miguel tem sempre um obrigado! Saúde! Por favor! Desculpa! Pena que junto com esse chip foi ativado tb o das respostas malcriadas!

- Cismou que quer roupa de presente de aniversário e de Natal. Mas no Domingo passado pediu de presente seu super amigo Caio e toda sua família! kkkk

- Estavámos voltando de viagem e quando o piloto avisou que o avião ia se preparar pra pousar ele começou a falar: Tchau papai do céu, o avião vai cair!! - Ok que ele acha q pousar e cair é a mesma coisa e deu tchau pro papai do céu pq achava q estava lá na casa dele, no céu... mas nem quis olhar se tinha algum fóbico de avião por perto rsrsrs.

- É o cantor das multidões! Canta tudo e qualquer coisa o dia todo!

- Está cada dia mais apaixonado pelo Guanabara, sim, o mercado! Ama ver o guanabara, ir ao guanabara, fica muito feliz em dia de compras do mês, vibra com a propaganda... Alô dono do guanabara? Meu filho merece uma porcentagem pela divugalção e amor eterno ao seu mercado! kkk

Bjos, Evelin.

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Ele se acha mesmo um super herói

Já há algum tempo Caio vive esse encantamento pelos heróis. Todos. Mas até então era a curtição com as fantasias e bonecos. Agora, muito do seu imaginário gira em torno disso. Ele acha que voa, que joga laser e teias. De verdade.

Dia desses, numa conversa, ele disse que ia pegar o meu primo (que trocou de carro comigo), colocar em cima da árvore, ia tomar dele meu carro antigo e me devolver rsrs. Como se eu estivesse em apuros, sem meu carro e surge meu super herói pra me salvar!

Outra do meu heróizinho, conversando com a vó, eis que ele diz q ela não tinha mãe. E a vó diz que tinha sim, mas que a mãe dela estava no céu. Então, rapidamente ele pensa numa solução. Disse que ia pegar um foguete e que ia lá no céu pegar a mãe dela e trazer de volta pra ela.

E pra fechar, num dia nublado, ele diz que vai voando até o céu, jogar a nuvem no lago e que vai trazer o sol de volta!

Quem tem um super herói desse em casa precisa de mais alguma coisa gente???

Beijos, Vanessa

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Ganhar na loteria que é bom, nada!!

Ando com uma habilidade incrível nos últimos tempos: escolher dentre todas as mercadorias disponíveis exatamente aquela que está com defeito!!! Vamos por ordem...

- Comprei uma caixa com 8 quebra cabeças da Turma da Monica, da Grow, e inacreditavelmente veio faltando peça!!! Mandei mail pro SAC e obtive uma resposta bem rápida, e na sequência, enviaram um novo quebra cabeça pra minha casa.

- Comprei um pacote de fraldas Turma da Monica Soft Touch Max e duas fraldas vieram em fase de pré-produção, com uma tarja preta no lugar da faixa do velcro. Da mesma forma que fiz com o quebra cabeças, mandei mail pro SAC e eles, num atendimento melhor ainda, ligaram para meu celular, anotaram meus dados e irão enviar para minha casa um vale no valor de um novo pacote de fraldas, sem nem precisar analisar a fralda defeituosa.

- E, o pior de todos... o presente de dia das crianças!!! Fiquei o mês todo planejando o presente do Miguel e optei por dar o jogo "Os Dentes do Crocodilo" da HASBRO. Pensei bem no jogo que queria, levei meu marido à loja pra que ele pudesse opinar, fiquei namorando a ideia, fiquei imaginando a reação do Miguel brincando com aquilo, comprei com antecedência, escondi em casa, fiz a maior cena e .... o jogo veio quebrado!!! A boca do bicho não ficava aberta... A maior frustração!! 
No dia seguinte fui até a Rihappy com Miguel, onde tinha comprado, e imediatamente a loja aceitou fazer a troca, mas não tinha outro igual e muito menos previsão de chegada, e se eu esperasse mais perderia o prazo da troca.
Acabei descobrindo que  HASBRO não possui telefone para atendimento a clientes, apenas um mail. Mandei 1, 2, 3... mandei vários e nenhuma resposta. Resolvi dar uma busca na internet nos sites de reclamação e, para minha surpresa, existem dezenas de reclamações. Pouquíssimas com resposta, e a maioria delas, sem resposta alguma.... sequer uma satisfação. E eu sou mais uma sem resposta!!
Voltei à Rihappy, e para não perder meu prazo, troquei o bendito jogo por outras coisas. Miguel ficou feliz do mesmo jeito, mesmo pq ele escolheu o queria na troca, mas eu fiquei bem insatisfeita por ter comprado um produto confiando na qualidade da marca e não ter nenhuma consideração da empresa.
Enfim..

Bjos, Eve

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Adesivos para brincar

Um desses lá em casa ia fazer sucesso. Só coitada da parede...rsrs. São da Paste, uma loja lá de Buenos Aires, mas tem loja virtual



Beijos, Vanessa

terça-feira, 18 de outubro de 2011

As novas do Miguel!!

- Miguel precisou fazer raio-x dos pulmões, e, como ele nunca tinha feito antes, achei que faria escândalo. A criatura achou que aquilo era pra tirar fotos e fez toda a série de exames rindo e fazendo beleza com a mão!

- Ele precisa tomar todos os dias os remédios do refluxo, a vitamina C e o cálcio, mas pra isso acontecer em paz, falamos que um é pra ficar rápido como o Woody, outro pra ficar forte como o buzz, e outro pra ficar grande como o Rex... o bichinho até escolhe qual quer tomar primeiro rsrsrs.

- Biscoito agora só se for no potinho! Pega seu potinho, coloca o biscoito e senta pra comer!

- Toda vez que é pego fazendo besteira e/ou quando leva bronca, fica se fazendo de perdido e falando: que? que foi? não sei!!

- Foi numa festinha e lá pelas tantas brigou com uma amiguinha, daí eu disse: não pode brigar, ela não é sua amiga? Ele de imediato respondeu: Não! O amigo é o Caio!!

- Quando não quer mais comer ou quer outra coisa, tampa o pratinho e diz: já papei todo! cabou!

- Futebol lá em casa agora não pode ter nenhum palavrão... a criatura repete tudo! Agora só se fala: carambolas! Puxa vida! rsrsrs

- Quando está pulando na minha cama ou no sofá fica falando: ó, Vai cair não! Vai chorar não!!

Bjos, Eve!

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Mais inspirações para festa

Ainda nem sei o que vai rolar de festinha p/Caio porque mais uma vez estaremos viajando no dia do seu aniversário, mas como boa ansiosa que sou, já penso em algumas coisinhas. Existem alguns temas prováveis, como Heróis, Toy Story ou Futebol, suas grandes paixões. A minha torcida é que seja Heróis, sua grande paixão e acho que combinaria bem com seus 3 aninhos. Não preciso nem dizer qual é a torcida do pai! Mas vamos dar ao rapazinho o direito de escolha.

Então, nas pesquisas em busca de inspirações achei algumas idéias legais e compartilho:




É isso, sigo na busca e vou compartilhando ;-)

Beijos, Vanessa

Exemplos

Na mesma velocidade que eles aprendem a falar, aprendem a argumentar. Agora lá em casa tudo tem que ser muito bem explicado e os porquês chovem ao longo do dia. Surgem também as resistências verbalizadas e justificadas - "não queio escovar o dente porque tá já escovei de manhã", "não queio cortar a unha porque tá bonita assim mesmo", e por aí vai, um festival de "não queio".


E aí vem vc, mãe paciente, explica tudo nos mínimos detalhes, fala do bichinho da cárie, do sr bafão, do sr banguela e nada. Então, nesses momentos de crise, tenho criado umas historinhas, reproduzindo exatamente a mesma situação, só que entra um personagem na parada. E Caio super curte, vidrado na história e quando acaba sai correndo pra fazer o que eu estava há séculos tentando convencer. Engraçado como os maus exemplos alheios exercem poder!


Nessa onda das histórias, temos 3 vilões personagens que no final viram mocinhos: O João, que morde os amigos; o José, que não gosta de escovar os dentes; e o Joaquim, que não gosta de cortar as unhas. Vira e mexe faço confusão com os nomes e ele mesmo corrige: _ não mamãe, tá errado, esse é o que não gosta de cortar as unhas. rsrsrsr Nem preciso dizer o desenrolar da história - os meninos não fazem o que a mãe está pedindo e se dão suuuper mal. No final voltam atrás e vivem feliiiiizes para sempre.


Sei que isso tem sido uma beleza, sigo criando historinhas. O filme Toy Story, também tem um personagem, o Cid, um menino que maltrata os brinquedos, que também já serviu muito de exemplo a não ser seguido. O Cid é tão citado lá em casa que parece até um habitante do local.


Bjos, Vanessa

domingo, 16 de outubro de 2011

A galerinha

Apesar do atraso, precisamos registrar esse momento. Conseguimos unir essa galerinha linda no dia das crianças. Afinal coisa boa essa de ser criança, tem mesmo que ser celebrado! Ainda mais com essas crianças maravilhosas que cruzaram nossos caminhos!
Engraçado é que, ao ver essa foto, passa um filme pela cabeça. Voltei láaaa no tempo da faculdade, lembrando como era a vida, os papos que rolavam naquela época... Tempo bom... Como, em pouco tempo (vamos pular detalhes desse tempo rsrs), a vida muda. Mas vou contar uma coisa, ô mudança boa. Delícia ver nossas amigas queridas com seus filhotes nos braços. E vamos em frente!


Beijos, Vanessa

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Tempo tempo tempo

Esse é um post desabafo!!!
Será que o tempo pode ficar bom logo?
Será que a frente fria e o tempo quente podem combinar um revezamento menos frenético?
Pq é chuva na segunda, sol na terça, nublado e abafado na quarta, calor de derreter na quinta, tempo seco na sexta, frio e chuva no fim de semana...
Não tem nariz/ garganta/ ouvidos que se mantenham sãos desse jeito!
Vira rodízio de espirro em casa, sobretudo na minha, que é uma casa de alérgicos... é pai com sinusite, mãe com rinite, filho com bronquite!
Oi? Onde moro mesmo? Jurava que era no Rio de Janeiro, cidade quente e maravilhosa...
Se eu acumulasse milhas pelo uso do nebulizador já estaria agora mesmo viajando o mundo!
Enfim, que o sol venha lindo e maravilhoso, e que todas as alergias saiam de férias!
Bjos, Eve.

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Jogos para os pequenos

Os meninos vão crescendo e o leque de opções de brinquedos e brincadeiras vai se ampliando. Caio tem forte predileção por bonecos, todos relacionados às suas duas grandes paixões – Toy Story e Heróis. Até alguns dias atrás os heróis se resumiam aos básicos, mas dia desses descobriu o Lanterna Verde, o Flash e outros que eu simplesmente nem sabia da existência. E lá vai ele com seus bonecos e suas fantasias a tiracolo, passa o dia inventando mil e uma histórias de aventura.
Mas, pra felicidade da mãe, o rapaz tem se interessado em diversificar um pouquinho. Quebra-cabeça, Lego e Jogos têm feito sucesso.
Dia desses compramos para os meninos um kit da coleção crec crec que vinha com copinhos, garfo, faca, etc, além de alguns lanchinhos e sorvetes para montar. Os meninos amaram, os pais nem tanto, rsrs. Mas isolamos os utensílios cor de rosa e tudo se resolveu! Fica aí uma dica para os fabricantes, que deveriam confeccionar esse tipo de brinquedo em outras cores também, já que em tempos modernos homens também vão para cozinha, e consequentemente, também devem ser estimulados a brincar com esse tipo de brinquedo!
Enfim, como somos eternas apaixonadas pelo assunto,  vou compartilhar fotos de alguns desses jogos que acho que vale super a pena estimular, já desde pequenos.
Beijos, Vanessa






segunda-feira, 19 de setembro de 2011

O tempo passa... o tempo voa!!

Miguel completou 1 ano e 9 meses... e daí que cada vez mais acredito nessa história do tempo voar.
No início quando as pessoas falavam isso eu sempre respondia que passava rápido pros outros, mas depois que ele fez 1 ano parece que os dias passam em blocos.
Eu fico cada dia mais coruja com as gracinhas de Miguelito.
Ele agora é todo rapaz: fala que nem uma matraca louca, faz frases (lógico que várias delas precisam de tradução simultânea), dá bronca, passa seus dias cantando e dançando, tá adorando desenhar,  escolhe o que quer comer, come sozinho... inventou de me chamar pelo nome qdo não atendo de primeira (e faz isso com o pai tb), sabe qdo faz besteira e pede desculpas com a maior cara de safado do mundo, está cada vez mais apaixonado por música e instrumentos musicais, enfim, um fofo.
Pode parecer exagero (e quem é mãe entende isso)  mas cada coisinha dessas que citei me enchem de orgulho. Não por julgar que ele seja melhor ou pior do que outras crianças, mas pq é meu pequeno que está caminhando com seus próprios pezinhos rumo às suas pequenas independências.
Lógico que ele ainda é um menininho, que tá início do caminho, mas não é mais aquele bebezinho que tinha há bem pouco tempo lá em casa...impossível olhar aquele rapazinho e não constatar que sim, o tempo passa, o tempo voa... E, muito aqui entre nós, será que o tempo pode passar mais devagar um pouco?

Beijos, Eve!




quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Bienal com os pequenos!!

Ontem tivemos a mesma ideia que toda a população carioca teve: dar uma visitada na Bienal!! Chegamos lá na hora que estava abrindo, crentes que estaríamos sozinhas lá, achando que seria bem mais tranquilo, mas já tinha uma fila enorme, um mega super movimento!
Mas enfim, corajosas que somos, respiramos fundo e entramos!
Os meninos correram, pularam, se jogaram nos pufes das editoras, bagunçaram, tiraram livros do lugar, escolheram livros pra comprar... uma  canseira delícia.
Nós também aproveitamos pra fazer nossas tão queridas aquisições de livros, mas por força do hábito as compras foram só para Caio, Miguel e consultório.
Achamos vários livros num preço ótimo e outros com preços bem iguais aos das lojas, tem que pesquisar.
Quando começou a ficar insuportavelmente cheio fomos embora, pq os meninos já estavam cansados e nós muito mais, afinal era um tal de carregar mochila, sacola, criança e etc tal.
Ah! Não podia esquecer! De todos os livros bacanas que vimos ou compramos, tem um da Callis que amamos, O Sonho de Neve. Conhecemos essa editora quando compramos Uma Lagarta Muito Comilona, e além das histórias serem fofas, as ilustrações são sensacionais. Fica a dica!

 Beijos, Evelin!

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

A Alimentação do Sujeito

E aí que a criança que já comeu de tudo, um dia resolve comer mais nada. De uns tempos pra cá Caio entrou numa de complicar a vida da mãe. Vivo pensando em planos mirabolantes para fazê-lo comer uma comidinha razoavelmente saudável. Só pra contextualizar - ele não come carne, peixe, arroz... legumes e verduras só disfarçados, etc, etc. Sentiu o drama???

Me sinto totalmente refém da situação, culpada, descabelada e todos os adas possíveis rsrs. Mas como esperança é a última que morre, sigo com o pensamento de que um dia tudo vai mudar. Afinal de contas preciso de um parceiro para churrascaria, já que marido não come carne {tal pai, tal filho?}.

Resumindo, macarrão e sopa são as únicas coisas que o figura aceita comer. Então, o combinado é comer algum tipo de macarrão no almoço e sopa no jantar. Na sopa entram legumes, verduras e carne {essa sem ele saber, batida}. Variações com ervilha e lentilha também.

O macarrão até um tempo atrás era só com molho branco, único que agradava o paladar do rapaz. Agora, criamos variações do tal molho branco, acrescentando algum legume ou verdura que dê uma cor ao molho e aí dizemos que é o molho de algum personagem. Nessa onda, criamos:
- molho de tomate } molho do Homem-aranha
- molho branco com espinafre } molho do Hulk
- molho branco com cenoura } molho do Nemo
- molho branco com beterraba } molho do Barney
- macarrão com feijão } molho do Batman

#os molhos foram nomeados pelo próprio rsrs
#dou uma variada nos ingredientes do molho branco, às vezes com iogurte, requeijão, creme de leite, um queijinho light...e por aí vai.

Sei que nessa onda agora ele não come mais só aquele molho branco zero nutritivo,  tá longe de ser o ideal, mas pelo menos vai um nutrientezinho embutido. Tenho encontrado também umas massas mais interessantes. Já comprei uma de quinoa, outra de 4 grãos...enfim, sou leiga, não sei qual é o efeito disso, mas a gente tenta.

E pra finalizar, outra tática que tem funcionado pelas bandas lá de casa: peço pro Caio ser meu ajudante e dou algumas tarefinhas pra ele. Assim, "ajuda" no preparo, fica mais empolgado e cria menos encrenca na hora de comer. Além disso, fico mais pertinho dele e outra idéia é ver se ajuda a desenvolver o conceito de que não é só mulher que vai para cozinha, que é lugar pra homem também!

Beijos, Vanessa

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Adesivos fofos

Um dos assuntos que também muito nos interessa é decoração - de festas, de casa, de quarto dos pequenos. E passeando por aí encontrei a Bloom Kids, linha de adesivos de parede para quartos infantis. Adorei! Vale a pena uma olhadinha ;-)

Beijos, Vanessa


sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Brinquedos e brincadeiras.

Essa semana li uma coluna na Pais e Filhos que falava sobre brinquedos e brincadeiras e, dentre outras informações, dizia do péssimo hábito de se comprar muitos brinquedos, em especial os eletrônicos, e de se fazer cada vez menos brincadeiras.
Eu sou bem mais consumista do que gostaria e, por ter filho e trabalhar com criança, acabo comprando brinquedos demais. E necessariamente não é desperdício, pq além das doações de sempre,  acabo levando vários brinquedos do meu filho, quando não estão sendo utilizados em casa, pro consultório. E assim o brinquedo é usado atééé o fim de seus dias.
O importante mesmo é saber brincar, e pra isso não é necessário ter brinquedos caros, bacanas, da moda, com luzes, botões e etc.  É preciso ter criatividade, ter alguém que te ensine ou que aprenda com vc, ter curiosidade, ser criança como nos velhos tempos.
Mas eu também não condeno esses brinquedos que citei acima não!! Adoro! Compro  pro meu pequeno e  brincamos muito.
 O melhor de tudo é saber que o brinquedo pode ser explorado de diversas formas diferentes. Não é  pq  vem como uma regra específica que só pode ser usado daquele jeito.  Respeitadas as normas de segurança, todo brinquedo pode servir para o que vc quiser.  Pra mim não existe nem  brinquedo que faça mal nem brinquedo educativo, o que existe é brinquedo! O uso dele é determinado por quem brinca.
E é aí que entra a brincadeira. O brinquedo sozinho não pode fazer nada, mas a brincadeira sim... Essa pode te ajudar a respeitar o outro, compartilhar, aprender regras pra vida inteira, a ser mais criativo, mais independente, mais esperto, ajuda no aprendizado escolar e muitas outras mil coisas.
Brincar requer disposição e vontade, e os brinquedos são muito bem vindos, mas não são indispensáveis!
Brincar todos os dias, seja de algo conhecido, seja ensinando uma brincadeira nova, no tempo que for possível, é uma das melhores contribuições que podemos dar para o futuro dos nossos filhos.
Beijos, Evelin.

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Mateus chegou!!

Chegou quem faltava!! Nasceu sexta passada, Mateus, meu afilhado e filho da dinda do Miguel!! Apressadinho, chegou 1 mês antes do previsto... mas veio saudável e pronto pra encarar a vida.
Eu já estava achando que ele viria antes ... mas na sexta, quando Camila ligou dizendo que estava começando a sentir uma cólica.... afe! Logo depois ela ligou já em trabalho de parto e fiquei mega nervosa rsrsr parecia que era comigo! Detalhe que não fiquei nervosa assim no meu parto.
Miguel super se empolgou vendo o neném da dinda Amila (como ele diz) e por enquanto, não teve ciúme!
Bem vindo meu amorzinho, que vc seja muito feliz, saudável, bagunceiro, que encha de alegria a vida da sua mãe e do seu pai, e, que tenha uma vida muito longa e alegre!
Ah! E quando sua mãe estiver muito chata, pegando no seu pé, pode arrumar a mochila e ir pra casa da dinda! rsrs
Bjos, Evelin!

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Falando em Viagem

Enquanto a próxima não vem, deu vontade de compartilhar sobre as viagens que fiz com o filhote na bagagem.


Começamos com uma de pequeno porte, um hotel fazenda bem gostosinho em Pouso Alto, pertinho de São Lourenço. Caio tinha 8 meses e correu tudo bem. O hotel, Serra Verde, tem uma estrutura legal, serviço de babá contratado por hora e mesmo não tendo recorrido, vi alguns pais almoçando ou jantando com um pouquinho de tranqüilidade enquanto os babies eram cuidados/distraídos.
A próxima já foi um pouquinho além. Embarcamos num cruzeiro nacional de 7 dias. Caio estava na véspera de completar 1 aninho. Adorei e recomendo muito esse tipo de viagem para famílias com bebês e crianças pequenas. O cruzeiro funciona como um hotel bem estrelado, com toda a infra ambulante. Em qualquer momento dá pra buscar aquele help no quarto/cabine, que está sempre ali! E além dos programas durante o dia, dá pra curtir também um pouquinho dos noturnos. Os navios têm um teatro e lá rolam vários eventos e muitas vezes consegui assistir algumas coisinhas com Caio a tiracolo. E além de curtir o navio, ainda tem as paradas, em diferentes cidades. E vale ressaltar que tive todo o suporte no que diz respeito à alimentação do Caio. Todos os dias combinava previamente com o chef o que seria feito para o almoço ou jantar. Tinha acesso aos sucos e vitaminas. E a oferta de frutas é grande também, em todas as refeições lá estavam elas. Gostei muito.
E daí, no ano seguinte, encaramos uma viagem para fora do país. Dessa vez Caio tinha acabado de fazer 2 anos. Mais uma vez encaramos um Cruzeiro, com paradas pelo Caribe, e lá passamos novamente uma semaninha usufruindo de todas as maravilhas que um navio tem. A estrutura não muda muito, basicamente o mesmo que falei anteriormente. Boas opções para alimentação, mil e uma coisas para fazer. Dessa vez com o bônus das paradinhas no mar azul turquesa.
Depois do cruzeiro fomos para Orlando, curtir a Disney. E apesar da pouca idade, Caio curtiu muito, dentro das possibilidades. O pai se encarregou previamente de apresentar tooodos os heróis que estariam por lá, então ele já foi conhecendo e curtindo bastante todos eles. O encontro ao vivo e a cores foi impagável. A galera do Toy Story e os heróis da Marvel encantaram o meu baixinho. Em todos os parques havia algo para ele curtir. E além dos parques deu para fazer muitas comprinhas, para felicidade da mãe! Caio foi parceiro e colaborou na me-di-da do pos-sí-vel com esse momento loucura total.
É isso, muitos roteiros bacanas e possíveis de curtir com nossos pequenos. E tem muitos e muitos blogs por aí de mães super experientes em viagem que merecem uma visita para possíveis inspirações. No momento estamos nos aprofundando no Buenos Aires para Niños que ajuda a montar um roteiro e tanto.
Beijos, Vanessa

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Férias, reflexões

Duas semaninhas de férias. Colocar a vida em dia e curtir cada minuto do filhote. Médicos, dentista, revisão do carro... Parquinhos, passeios, soninho da tarde juntinhos...
Olho pra trás e lembro dos meses que se seguiram ao nascimento do Caio, quando uma culpa do tamanho do mundo tomou conta de mim quando tive que voltar a trabalhar. Passou sim pela minha cabeça largar tudo e assumir a profissão Mãe. Aliás depois fui constatando que isso passa pela cabeça de quase todas as mães na mesma situação. Mas, na época, não tive essa opção por uma questão bem prática - grana. Isso foi o que pesou para que eu seguisse em frente. E agora, agradeço muito porque vejo que esse era o meu caminho - amo minha profissão, minhas crianças, os amigos que conquistei no trabalho e valorizo muito ter minha independência financeira. E hoje consigo enxergar que é sim possível ser Mãe e Profissional. Exige uma ginástica e tanto, ah como exige! Mas para mim valeu muito a pena.
Então, nada melhor do que F É R I A S para curtir tudo o que o dia a dia nem sempre permite.

E para ilustrar um desses momentos deliciosos, segue fotinho dos 2 meninos mais gatos dos últimos tempos!

O Quintal da vez: Parque Lage
Passeio mega bacana

Beijos,
Vanessa

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Pula a fogueira Iaiá!!

Adoro essa época de festas!! Acho tudo lindo e gostoso! Mas o mais bacana foi ver Miguel e Caio empolgados com a festa "aipila" como diz Miguel.
E eles que já são fofos de todo jeito ficaram mega fofos vestidos de caipira. Com direito a bigode, costeleta e cavanhaque.
Um colocava o chapéu, o outro colocava...um tirava o chapéu, o outro tirava. E teve até o Caio ajeitando Miguel e falando: Tá bonito hein rapaz!!
Não é pra morrer de amor?

Bjos, Evelin

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Adeus fraldas, Adeus mamadeira

E o que parecia ser um bicho de sete cabeças se desenrolou depois da reunião na escola. Em casa, cenário caótico, muito choro e muita resistência na hora de ir ao banheiro, como contei aqui. Já na escola, aaaah, como ele ia pagar esse micão?! Lá, comportamento exemplar, nada de choro, maior pose de rapaz. E esse retorno da professora foi decisivo porque, a partir daí, ajustamos algumas posturas em casa e eu, que já estava prestes a recuar, ganhei fôlego para continuar. Nos apoiamos no comportamento dele na escola e era esse o nosso argumento para cobrar que ele fosse ao banheiro direitinho.
Enfim, o nó se desfez, e rápido. Conquistamos o controle do esfíncter e a vontade de resolver número 1 e número 2 no banheiro. E o desfralde noturno talvez já esteja batendo na porta porque as fraldas amanhecem sequinhas e o bichinho acorda doido por um banheiro! Na rua também, já começamos a frequentar os banheiros públicos... aliás acho que esse assunto daria um outro post, tamanha complexidade rsrsrs
A mamadeira também bate em retirada. Caio tomava seu leite do café da manhã na sua querida mamadeira... Rolava todo um charme, só para amolecer o coração da mãe. Mas agora que ele está se sentindo um super rapaz, aceitou trocar por um super copo do Batman!
Ô coisa boa ver nosso pequeno vencendo seus pequenos desafios... e ô aperto no coração ver o pequeno cada vez menos pequeno!
Beijos, Vanessa

sexta-feira, 17 de junho de 2011

AMIGOS!!!

Nós fazemos parte de um grupo de amigas que, por acaso, teve filho em épocas bem próximas. 
O querido amigo aí da foto abaixo é o Leandro, filho da Nanda, tb amiga de faculdade.
Leandro, Caio e Miguel nasceram no mesmo ano... Caio no início, Leandro no meio e Miguel no fim.
No chá de bebê da Vanessa, a Nanda estava grávida. No chá da Nanda, eu estava grávida.
O mais legal de tudo é que hoje os 3 brincam juntos e é muito lindo ver amigos desde tão cedo.
Mais bacana ainda é ver como que 3 crianças com idades tão próximas podem ser tão diferentes em algumas coisas.
E, além das amigas de cada uma, nesse nosso grupo de amigas em comum, tem a Marcella com sua pequena Beatriz e a Camila com o Mateus, que tá quase chegando! Acho que teremos muitas fotos dessa turminha aqui ainda!




Bjos, Evelin.

quarta-feira, 15 de junho de 2011

O Amor Não Tem Cor!!

Miguel é filho de uma boa mistura!! Eu, sou branca palmito e meu marido negro. Durante a gravidez  T-O-D-A-S as pessoas do mundo ficaram curiosas pra saber de qual cor ele seria, e perguntavam isso mil vezes por dia...
Eu nunca me importei com isso, por vários motivos...
Primeiro pq não fazia de fato a menor diferença, segundo pq eu ia achar lindo de qualquer jeito, terceiro pq acho que a cor é só mais uma característica, assim como a cor do olho, o formato do pé e etc, e principalmente, porque o que eu mais queria e pedia o tempo todo era que ele viesse feito pra mim, do jeitinho que DEUS achasse que deveria ser... e veio!
Nasceu lindo (e isso eu já sabia!! rsrs), branco quase que nem a mamãe (pq igual a mim só liquid paper mesmo), mega parecido com o pai tanto fisicamente quanto em alguns trejeitos, com minha boca e meu pé, e com o cabelo.... bom, com o cabelo do pai rsrs.
Lembrei disso hoje pq estava trabalhando e encontrei com a mãe de um ex-paciente que não me via desde a gravidez, e a primeira coisa que ela perguntou foi:
- Tudo bem? E seu filho? É branco ou preto?
Pára tudo!! Como assim? É isso mesmo que importa?
Respondi tranquilamente que estava tudo bem, que meu filho está ótimo, feliz e é lindo.
Ah! A cor? Não importa! O amor não tem cor!

Beijos, Evelin

terça-feira, 14 de junho de 2011

Os melhores livros infantis

A edição desse mês da revista Crescer traz a seleção dos 30 melhores livros infantis do ano. O site está um barato, com vídeos de todos os livros indicados. Dá para fazer um test drive antes de adquirir. Adorei a seleção, são livros de excelente qualidade nos seus enredos e na ilustração. Achei quase todos (da faixa etária 2/3 anos) na loja virtual da Saraiva e alguns na Travessa. Por enquanto já lemos lá em casa Uma lagarta muito comilona, Dez Patinhos e Gildo. Todos muito bacanas, sendo que o da lagarta me encantou ainda mais pelo estilo da ilustração.
Vale a pena conferir ;-)

Beijos, Vanessa

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Rumo à independência!

Andamos numa fase de muita independência lá em casa! É fofo e cansativo ao mesmo tempo! Fofo porque vejo meu filhotinho virando um rapazinho (ok, ok, isso dói também!)... E cansativo porque as refeições demoram bem mais.
Daí que Miguel no alto de seus 1 ano e 5 meses resolveu que quer sentar conosco à mesa. Nada de cadeirão! E quer comer sozinho, com talheres de inox (ainda bem que existem uns ótimos, pra criança e tudo mais). Lógico que ainda não consegue comer tudo sozinho e metade cai da colher, precisamos ajudar, mas quem se esforça sempre consegue rsrs.
Aí aproveitei sua fase “já sou rapaz” e resolvi encarar a tal da mamadeira de frente. Confesso que não sou fã da mesma, apesar de reconhecer sua ajuda! Mas enfim, ser fono nessa hora deixa a gente com muito mais neura do que qualquer ser normal, e sempre fico pensando nos prejuízos... enfim, começamos tirando a da manhã e deu tudo certo!! Agora, mamadeira, só a da hora de dormir... por enquanto!
Vamos ver quais serão os próximos passos rumo à independência!
Beijos, Evelin!

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Falando de alimentação

Conheci um blog  interessante que trata sobre a alimentação infantil – Marmita Baby. Algumas receitas gostosinhas, dicas novas, outras já conhecidas, mas válidas para refrescar a memória.

Compartilhando algumas delas:
REFOGAR COM ÓLEO - Evite refogar os alimentos com azeite, manteiga e margarina, pois quando aquecidas soltam uma substância chamada acroleina que é cancerígena. É recomendável usar sempre o óleo vegetal. Para dar aquele "toque especial" use o azeite sobre a refeição depois que ela estiver pronta ! Óleo, azeite, margarina e manteiga, cada um tem diferentes propriedades de gordura - poliinsaturadas, monosaturadas, saturadas, insaturadas. No aquecimento essas propriedades se modificam e os que apresentam resultados mais estáveis são os óleos, por isso é recomendado o uso.
LÍQUIDOS APÓS AS REFEIÇÕES - Não é recomendado que os pequenos tomem líquidos (água, sucos, ...) durante as refeições. A capacidade gástrica das crianças é muito pequena e ingerindo líquidos "enchem a barriga", consequentemente irão comer muito menos do que necessitam.
Deixe para dar o suco ou água uns 15 minutinhos depois!
IOGURTE DEPOIS DO ALMOÇO NÃO - O iogurte (assim como o leite) é um alimento que possui várias propriedades nutricionais, é rico em cálcio e  praticamente todas as crianças adoram. Porém evite de serví-lo logo após as refeições como almoço e jantar. O cálcio, presente no iogurte,  inibe a ação do ferro que costuma estar nos alimentos (no feijão, por exemplo) servidos durante o almoço e o jantar.
Então, para que um nutriente não anule o efeito do outro, sirva o iogurte no desjejum ou no lanchinho da tarde.

Beijos, Vanessa

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Caio e a música

Caio anda numa fase bem musical da vida. Tem musiquinha para tudo - além de todo o repertório das musicas clássicas da idade, tem também aquelas que inventa pra dizer que não vai comer o feijão nãaaooo..., que não vai fazer o xixi no troninho nãaaooo... Figuraça!

Bom, tinha que puxar a mãe em pelo menos alguma coisa, o gosto pela música.

Uma das mais tocadas lá em casa nesse fim de semana foi o funk do xixi. Pedia pra ouvir toda hora. Seria alguma identificação??? Muito bacana, pra quem não conhece, é do cd Casa Amarela Da Ivete e do Saulo.

No carro também é ele quem manda no repertório musical. Escolhe cada música que vai tocar. Adoro!

E para ilustrar, segue um vídeo do figurinha cantando:

video
Beijos, Vanessa

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Cubinho

Com um cubinho na mão e a criatividade na mente dá para inovar a brincadeira e as historinhas de cada dia:
http://www.cubinhokids.com.br/
 Basta imprimir e montar. Cada dia um personagem diferente.

(via n-magazine)

Beijos,

Vanessa

terça-feira, 24 de maio de 2011

Desafios

Vida de criança não é mole não. Desde que saem da barriga os bichinhos têm uma série de desafios a encarar. Lá em casa já encaramos muitos, mas sabemos que ainda temos muitos pela frente.

No momento, 2 desafios imperam pelas bandas lá de casa. Um deles é a transição berço-cama. Aí vamos muito bem obrigada, Caio se adaptou bem à nova caminha e já consegue adormecer por lá, sem aquele processo de antes - cama da mamãe e do papai > berço. E também sem escapadas ao longo da madrugada. Se acorda, basta uma conversinha suave e um cafuné e volta a dormir por lá mesmo. Ufa, passamos por essa.

Agora, o segundo desafio é nada mais, nada menos que o Desfralde..... Mesmo escrevendo, chego a suspirar. Que coisa mais difícil! Sei que pra cada um acontece de um jeito, andei lendo muito por aí, experiências de outras mães e isso tem sido importantíssimo.

O cenário atual - muuuitos xixis e cia na cueca e no chão, quilos e quilos de roupas para lavar, choros e mais choros no momento vamos ao troninho, e, esse é o melhor - chegou a dizer algumas vezes que era um bebê (contextualizando - depois que fez 2 anos, bebê virou palavra proibida lá em casa, corrigia sempre que alguém o chamasse assim, dizendo que era um ra-paz).

Enfim, vamos driblando os percalços e seguindo rumo à cueca limpa! rsrs

Beijos,

Vanessa

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Teatro com os meninos!

Eu estava um tanto em dúvida se daria tudo certo, afinal, Miguel nunca tinha vivido essa experiência. Caio, que já é um rapaz (como ele mesmo diz) já tinha ido ao teatro antes e tinha gostado.
Confesso que estava acreditando muito que o teatro estaria vazio e a peça seria curtinha...
E lá fomos nós!! A peça escolhida foi “A fuga dos brinquedos”. O teatro estava lotado!! Crianças de todas as idades, tamanhos e comportamentos. Mas tudo num clima ótimo!
Bom, a peça não foi exatamente curtinha... Durou uns 50 min!! Mas Caio e Miguel se comportaram como dois rapazes de verdade. Super concentrados, prestando atenção em tudo.
No final até palmas Miguel bateu (ok, ele fez isso porque todos bateram palmas e ele deve ter achado que era parabéns pra alguém rsrs).
Só sei que foi tudo ótimo e que queremos repetir esse programa várias vezes! Cultura é bom em qualquer idade, não é mesmo?
Bjos, Evelin.

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Mais lojinhas!

Pra variar, sempre que sobra um tempinho saímos em busca de roupas bacanas pros nossos pequenos.  Não é fácil achar novidade...
Mas achamos dois lugares novos (pra gente) !!
 Um deles é a Baby More.  Não compramos nada lá ainda, mas as roupas são bem bonitinhas, com estilo e um preço ótimo! As camisas são super descoladas!
Outro lugar é a Nicobaldo.  As roupas são bonitas, mesmo as mais básicas. Tem camisa xadrez, calça saruel, cachecol, tudo bem legal e o preço é razoável. Encomendei uma saruel e estou ansiosa pra ver Miguelito nela rsrsrs.
E tem uma loja que não é novidade pra gente, mas que está com uma coleção linda! A Green! Tudo está muito estiloso: calças num corte moderno, camisas fofas e cachecóis que fazem toda a diferença na produção. O preço não é dos mais convidativos, mas vale à pena conhecer a coleção nova, seja pra comprar, seja pra se inspirar.
Bjos, Evelin.






quarta-feira, 4 de maio de 2011

Beatriz chegou!!


Nasceu ontem a Beatriz, filha da Marcella, uma amiga muito querida desde os tempos da faculdade. A Marci  sempre teve como objetivo maior na vida ser mãe. Nós aqui do quintal estamos muito felizes!!!
Felizes por tudo!! Porque a  Marcella realizou seu grande sonho, porque a Beatriz nasceu  linda, saudável e gostosa, porque vamos poder falar do nosso assunto preferido (filhos) com mais uma amiga e porque os meninos acabaram de ganhar mais uma parceira de bagunça.
Bem vinda Beatriz!! Que sua vida seja longa e feliz! Os meninos estão ansiosos pra brincar com você!


Beijos, Evelin.

terça-feira, 3 de maio de 2011

Livros para o Desfralde

Vou perseverar no assunto livro. Estive ontem na livraria Travessa e me senti no paraíso. Achei uma das livrarias com mais variedades para os pequenos. E embarcando no contexto desfralde, que se aproxima lá em casa, encontrei mais um livro interessante que aborda o assunto de uma forma divertida: "Cocô no trono", da companhia das letrinhas.


Outro dessa linha é o "O que tem dentro da sua fralda?", da brinque book, temos lá em casa e também é ótimo.

E vamos rumo à mais uma conquista, com nossos livrinhos embaixo do braço.

Beijos, Vanessa

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Livros

Caio começou esse ano na escola. E estou adorando tudo. Ele está se sentindo. Ai de quem o chamar de bebê, na mesma hora corrige e diz que é um rapaz! A realidade é que ele está crescendo e com isso surge um sentimento ambíguo demais, como assim não é mais meu bebê... mas ao mesmo tempo é tão lindo vê-lo crescer... Enfim, isso é papo para outro post ou váaarios outros.

Dentre as novidades que têm me atraído, estão os vários livrinhos que surgiram com a escola. Toda sexta-feira vem um livrinho novo para casa. Gostei bastante da coleção Plic Ploc: Volte, Borboleta! e A pipa está indo embora. As histórias são bacaninhas e ainda estimula habilidade motora porque a criança precisa prender a borboleta ou a pipa nas cenas:

 

Nesse mês eles vão trabalhar com um livro de uma coleção que também achei super interessante. O livro da vez é "Quando me sinto bondoso", da autora Trace Moroney. Cada livro dessa coleção aborda um sentimento, as crianças podem conhecer e aprender a lidar com cada um deles. Por enquanto já conseguimos implantar o por favor e o obrigado lá em casa, tendo como exemplo o coelho bondoso! Tive que adquirir também "Quando me sinto irritado", estamos bem nesse momento, rsrs. Outros títulos da coleção: Quando me sinto triste, Quando me sinto amado, Quando sinto inveja, Quando sinto medo e Quando me sinto feliz.


Depois volto para compartilhar mais ;-)

Beijos, Vanessa





sexta-feira, 8 de abril de 2011

A tal da linguagem

          
Nós aqui do quintal, somos mães, mas também somos fonoaudiólogas, e mais do que isso, trabalhamos exatamente com desenvolvimento de linguagem, ou seja, estávamos já nos sentindo obrigadas a falar desse assunto já que vivemos isso o tempo todo!

Aqui no blog a gente gosta mesmo de ser só mãe, de expor nossas dúvidas, experiências... mas fica difícil não falar de linguagem... tantas mães se preocupam com a hora que seus filhotes vão falar, como isso vai acontecer... Nós também!!

Inclusive já falamos aqui sobre questões de fala e linguagem que geraram angústias, quando Caio, por exemplo, ensaiou demorar a falar. Angústia superada, mãe fono tranqüila, seguindo em frente com a estimulação.

Mas a linguagem vai além. Existe uma diversidade de questionamentos e dificuldades que podem surgir no percurso do seu desenvolvimento. Atraso na aquisição da fala, trocas de sons na fala, gagueira, distúrbio específico de linguagem (DEL), autismo – que traz questões de linguagem associadas, problemas com a alfabetização, dislexia.....e por aí vai.

E como saber se está tudo bem? Será que tem tempo certo pra falar? Trocar letra é normal? Até quando? Quando precisamos procurar ajuda? Aff... São muitas questões!!

Então, nós, pais, devemos mesmo nos preocupar e acompanhar toda essa trajetória de desenvolvimento dos nossos filhos, tendo em mãos informações que vão ajudar a não só identificar a dificuldade como também a prevenir, através de estimulação adequada.

Deixaremos aqui o link de acesso à um capítulo nosso, que traz mais detalhes da tal da linguagem. Aliás, todo o livro está bem interessante, vale a pena a leitura.
 

http://www.abpp.com.br/revista_psicopedagogia/index.asp?ed=78
Beijos, Evelin e Vanessa

terça-feira, 5 de abril de 2011

Intolerância à Lactose? Soja? Dentes?

Miguel andou meio complicadinho nos últimos dias...  Uma assadura eterna intensa  se instalou nele e pronto! Tudo fazia piorar!
Mudamos de fralda, pomada, lenço, algodão... tiramos alimentos que soltam o intestino, alimentos ácidos,  frutas cítricas, mudamos para leite com baixa lactose, sem lactose, leite de soja e ... nada!
Aliás, quem dera que nada acontecesse, o bichinho já tava gritando a cada xixi que fazia.
Depois de mil tentativas (isso num prazo de uns 10 dias) o pediatra resolveu cortar toda a lactose e toda a soja porque estava suspeitando de uma intolerância cruzada.
O corte de alimentos é bem radical e inclui tudo que possa ser feito com leite e todos os derivados, óleo de soja e  qualquer coisa que tenha traços de leite (danoninho, suquinhos de soja, biscoitos, bolos, farinha tipo mucilon, etc, etc)
A ideia é ir reintroduzindo, aos poucos, os alimentos, aumentando a quantidade de lactose e, por fim, a soja.
 questões surgiram: a primeira é a consistência dos alimentos... A maioria dos biscoitinhos sem lactose são duros e Miguel não consegue mastigar, restando poucas  e caras opções. Eles  nunca foram uma refeição no cardápio do Miguel, mas ele gosta de comer seu biscoitinho Maisena junto com o suco.
A segunda questão são os dentes... Já disse aqui no blog que Miguel tem a dentição atrasada. Até bem pouco tempo ele só tinha 2 dentes.  E quando esses 2 dentes nasceram ele sofreu bastante com diarréia, vômito, assaduras, enfim... O pediatra não acredita nessa relação dente x reação.
Fato é, que assim que começamos a desintoxicação, ao mesmo tempo, 3 dentes romperam a gengiva e um outro está  quase lá. E agora?
Continuamos na vida sem lactose, aliás hoje introduziremos leite com 10% de lactose, mas fico muito na dúvida ... Será mesmo intolerância? Será reação aos dentes nascendo ao mesmo tempo? Será tudo junto? Só o tempo e a tal reintrodução poderão responder.
Bjos, Evelin!

quarta-feira, 30 de março de 2011

O kit avião

E chegou o dia de viajar de avião. Depois de longa pesquisa, montei um super kit avião para distrair o Caio ao longo das quase 10 horas de vôo. Será?

Bom, o kit incluía: massinha com forminhas, livros, livros e mais livros, daqueles pequenos, com as histórias que fazem sucesso com o pequeno, os bonecos favoritos, livro de adesivos, brinquedo novo (do MC lanche feliz, que são os que ele mais gosta, rsrs), além de dvds favoritos e guloseimas (pirulito e M&M).

E lá fomos nós para terra do Mickey. Logo no início do vôo já comecei a lançar mão de algumas coisinhas do kit, a fim de convencer o rapaz a ficar com o bendito cinto de segurança. Abri a mochila procurando por algo e ele logo avistou o "piulito"! Mas momentos de tensão estavam por vir. O pirulito fez o favor de sair do palito e aquela bola enorme foi parar na boca da criança. Gelei. A sorte é que fico tensa por natureza sempre que Caio se delicia com um pirulito, então logo vi e rapidamente arranquei o negócio da sua boquinha.

Mas as emoções pararam por aí. O resto do vôo foi super tranquilo, Caio tirou uma boa soneca e no restante do tempo se comportou como um príncipe. Fizemos uma conexão, o que também o ajudou a dar uma extravasada, correr um pouquinho... Enfim, o kit avião foi um super parceiro e na próxima ele com certeza estará lá novamente ;-)

Bjos, Vanessa

segunda-feira, 28 de março de 2011

Dia Mundial da Conscientização do Autismo

O autismo é uma síndrome que atinge quase 2 milhões de Brasileiros.
Em crianças, o Autismo é mais comum que o câncer, a AIDS e a diabetes!!!
No mundo, a ONU estima que existam mais de 70 milhões de pessoas com Autismo .
O dia 2 de Abril é o DIA MUNDIAL DA CONSCIENTIZAÇÃO DO AUTISMO.
O azul foi a cor escolhida para representar o Autismo.
No dia 2, participe desse movimento mundial, use azul, ilumine algo de azul, divulgue para seus amigos, na escola dos seus filhos, no seu trabalho... Seja uma voz para o Autismo!!
Mais informação e menos preconceito!
Para saber mais sobre o Autismo e sobre essa campanha, acesse:
www.RevistaAutismo.com.br/DiaMundial

Veja também o vídeo:

http://www.youtube.com/watch?v=fRy2rvdcIf0

Bjos, Evelin.

quarta-feira, 2 de março de 2011

Prefiro o Homem Aranha!!!

Pedi pro Miguel pegar o chinelo do Batman e ele veio direto me bater com o chinelo. Depois pedi de novo e aconteceu a mesma coisa, e de novo...
Aí pedi pra pegar a blusa do Batman e ele fez igual, pegou a blusa e veio me bater com ela.
Finalmente entendi! Toda vez que falamos Batman, ele acha que é pra bater... tipo, mamãe fala:
- Filho, pega o chinelo do Batman!
Miguel entende:
- Filho, pega o chinelo e bate!!!
Conclusão: preciso mudar o herói... Acho que prefiro o homem aranha!!!
Bjos, Evelin

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

A Festinha de 2 anos do Caio

Nada melhor do que um dia bonito, gente bonita e aniversariante feliz da vida para comemorar os 2 anos do meu gatinho. Assim foi a festinha do Caio. Numa tarde gostosa, cercado de familiares e amigos queridos,  Caio se divertiu bastante e trouxe ainda mais alegria pra gente. É tudo tão intenso ao lado desse baixinho que esses 2 anos parecem uma eternidade tamanho o amor que sentimos.

E nessa maré de amor que transborda, a mamãe aqui, nada prendada, resolveu se aventurar pelo mundo da decoração de festas, como já havia contado aqui . Então, depois de me dedicar nas prendices durante as férias e de esquematizar uma força-tarefa familiar, pude, nessa tarde gostosa, experimentar e colocar em prática algumas das idéias tão bacanas que conheci pelos blogs afora.

Seguem algumas fotos.

Beijos, Vanessa








quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

O retorno

As férias se foram e a criança voltou a si. Digo as férias da mãe (Caio até então estava sempre de férias, rsrs). E digo se foram todos os estragos que uma mãe gera na cria depois de incontáveis dias agarrados o dia inteiro.
Escutei esses comentários ao longo desse período inteiro de férias, mas não levava nenhuma fé. Como, eu, mãe ligada na importância de educar, impor limites, ia ser a responsável pela criança ficar anti-social, só falar “nãaaaaoooo” para todas as pessoas diferentes de pai e mãe que se aproximavam, pela criança parar de comer tuuuudo e só aceitar miojo e ovinho..... entre outras coisitas a mais.
Enfim, não é fácil acreditar numa coisa dessa, não me vejo dando tanto mole assim para ele. E foi tãaaao bom ficar juntinho. Mas agora, de volta ao trabalho e à rotina normal do dia-a-dia, confesso que tenho que dar o braço a torcer. Não em tudo, é claro! Também, pera lá, não causei esse estrago tooooodo (pelo menos prefiro acreditar assim). Mas sinto que alguns deles sim. Porque “milagrosamente” Caio voltou a se comportar beeeem mais bonitinho depois que voltei a trabalhar. Mas continuo sem entender esse fenômeno. Acho que só Freud explica ;-)
Beijos, Vanessa